Releases

Chuva de Pétalas da Expoflora utiliza 300 mil botões de rosas

22/08/2018

Além da Chuva de Pétalas, são mais de dez mil flores nos carros alegóricos, 15 mil mudas plantadas em canteiros, em jardins e no lounge de entrada do parque, além de mais de dois mil vasos e 260 mil hastes na Exposição de arranjos florais. A Expoflora começa dia 24 de agosto em Holambra e vai até 23 de setembro, de sexta-feira a domingo, das 9h às 19h.

É flor que não acaba mais. O visitante da Expoflora fica cada ano mais maravilhado com a quantidade e a beleza das flores expostas nos canteiros, em jardins, na Mostra de Paisagismo, em carros alegóricos e na exposição de arranjos florais.

Só para produzir a Chuva de Pétalas - realizada todos os dias do evento às 16h30 pontualmente - são utilizados 300 mil botões de rosas, despetalados um a um para que as impurezas não caiam nos olhos dos milhares de pessoas que elevam as mãos tentando pegar uma pétala ainda no ar. Há uma explicação: diz a tradição que quem pega uma das pétalas lançadas durante a “chuva” - antes que ela toque o chão - tem seus desejos realizados.

Por isso, o momento torna-se ainda mais emocionante na Expoflora – a maior exposição de flores e de plantas ornamentais da América Latina - que acontece de 24 de agosto a 24 de setembro, de sexta-feira a domingo, em Holambra (SP).

Sobre a Chuva de Pétalas

Todos os dias, às 16h30, quando as pétalas de rosas começam a cair, crianças, jovens e adultos elevam as mãos para o alto a fim de tentar pegar uma pétala antes que ela toque o chão. Alguns visitantes, mais tímidos, preferem apenas observar a beleza das pétalas coloridas que parecem bailar no ar. Outros usam bonés, chapéus, bolsas e sacolas para garantir uma maior quantidade de pétalas.

Ao final da Chuva, o público é convidado pelo professor de danças holandesas e circulares Piet Schoenmaker a dançar pela paz mundial. Utilizando as técnicas da dança circular e sob o som do Himno de la Paz (Hino da Paz, de Ricardo Bustamante), eles aproveitam a energia do momento para “espalhar” paz pela Terra. 

Preparação da chuva

Preparar diariamente este espetáculo não é uma tarefa fácil. Tudo é cuidadosamente realizado. Para cada “chuva” são necessários 150 quilos de pétalas, que correspondem a 800 dúzias ou 18 mil botões de rosas. Em 16 dias de evento, são cerca de 300 mil botões de rosas despetaladas uma a uma. As flores são fornecidas por 25 produtores de Holambra e são guardadas em uma câmara fria especial para que as pétalas não murchem.

Ao todo, 13 pessoas trabalham na preparação diária da Chuva de Pétalas: é preciso despetalar botão por botão; colocá-las na câmara fria, embalá-las em caixas e levá-las até o parque da Expoflora, sem que ninguém perceba sua chegada. No momento especial, as pétalas são cuidadosamente colocadas em um equipamento específico que produzirá a chuva que lavará a alma e o coração de milhares de pessoas que aguardam por esse instante mágico.

Serviço:
37ª Expoflora
Localização: Holambra/SP
Data: 24 de agosto a 23 de setembro (de sexta a domingo)
Horário: das 9h às 19h
Ingressos: R$ 48,00 na bilheteria e no site www.ingressorapido.com.br
Patrocínio: Coca-Cola Femsa Brasil, Água Mineral Crystal, Amstel e Ultragaz e apoio do Banco do Brasil e da Prefeitura Municipal da Estância Turística de Holambra.
Informações para o público: (19) 3802-1499

Ateliê da Notícia
Jornalista responsável: Vera Longuini

Cel (19) 9 9771-6735 - Vivo
Atendimento: Gabriel Gaudio e Tamires Ávila
Redação: (19) 3252-9385 – (19) 9 8840-6735
Às sextas, sábados e domingos: (19) 3802-2924
redacao@ateliedanoticia.com.br
www.ateliedanoticia.com.br

(19) 3252.9385

Ateliê da Notícia - Jornalistas responsáveis: Vera Longuini
Telefone: 19 3252-9385 | Celular: 19 99771-6735
Rua Mogi Guaçu, 1657, Sala 6 | Jardim Flamboyant | Campinas – SP | CEP -13091-103
redacao@[null]ateliedanoticia.com.br

Criação e Desenvolvimento Princi Agência Web