Releases

Ferramenta avalia condições dos amortecedores dos veículos

09/08/2018

As novas tecnologias têm permitido mais transparência no diagnóstico de peças dos veículos nas revisões de segurança. Batizada de “áudio shock” e desenvolvida pelo CTTi – Centro de Tecnologia, Treinamento e Inovação -, ligado à Cia. DPaschoal, a ferramenta visa a evitar trocas desnecessárias de amortecedores.

Uma nova ferramenta desenvolvida pelo CTTi – Centro de Tecnologia, Treinamento e Inovação -, ligado à Cia. DPaschoal, permite que os proprietários dos veículos, por meio do “barulho” dos amortecedores, consigam identificar se ele está realmente precisando ser trocado.

Foram dois anos de pesquisas e testes realizados com mais de 300 veículos para criar uma ferramenta extremamente confiável e, ao mesmo tempo, simples. Ela consiste em um microfone especial colocado no corpo do amortecedor que captura o som dos movimentos da suspensão, indicando a real condição da peça.

Batizada de “áudio shock”, a ferramenta apresenta um índice de 97% de assertividade. Para permitir maior confiabilidade no diagnóstico dos amortecedores e a maior compreensão por parte dos leigos, as ondas sonoras podem ser visualizadas com auxílio de um aparelho celular, em um desenho parecido com um eletrocardiograma. Essa é uma das inúmeras patentes registradas pelo CTTi da DPaschoal de ferramentas que beneficiam os consumidores.

A preocupação da DPaschoal ao oferecer ferramentas para diagnóstico das peças automotivas é permitir maior transparência no relacionamento com os proprietários de veículos, evitando trocas desnecessárias e, também, o descarte incorreto, contribuindo com o meio ambiente.

“Quando o consumidor reclama que o amortecedor está “batendo”, é comum que os mecânicos façam o diagnóstico da peça apenas com base na quilometragem do veículo ou movimentando a suspensão. Mas, isso é muito relativo, pois o desgaste dos amortecedores depende de uma série de fatores. Grande parte das pessoas não entende de mecânica e, por isso, fica em dúvida quando o mecânico orienta para a troca de uma peça. A nossa ferramenta mostra, de forma efetiva, as condições de uso dos amortecedores, municiando o cliente com informações, antes que ele decida ou não pela substituição destas peças. Além disso, antes dos testes, o cliente pode observar um gabarito para comparar com os amortecedores em boas condições”, explica Leandro Vanni, gerente do CTTi.

Medir e testar antes de trocar

Os investimentos do CTTi nas ferramentas e em sistemas de diagnóstico já fazem parte do DNA da Cia. DPaschoal - empresa brasileira que atua em diversos segmentos, entre eles a distribuição de peças (DPK) e serviços automotivos (DPaschoal). No entanto, na última década, o Centro de Tecnologia, Treinamento e Inovação adotou o lema “medir e testar antes de trocar” para assegurar a confiança dos clientes.

Desde então, os resultados têm sido uma série de inovações que contribuem para estimar a vida útil das peças e auxiliar os clientes a tomar a decisão mais correta no momento das revisões de segurança. Isso vem auxiliando, inclusive, na diminuição dos gastos com substituições desnecessárias de peças e com a redução do impacto ao meio ambiente com os descartes.

Sobre a DPaschoal

Primeira loja do Brasil especializada na venda de pneus, a DPaschoal foi fundada em 1949 pelos irmãos Donato, Orlando e Waldemar Paschoal em Campinas, interior de São Paulo, onde criaram um novo conceito - qualidade, conforto e segurança - na prestação de serviços automotivos.

Presente em 1.681 cidades das regiões Sul e Sudeste, com 163 lojas próprias e 946 oficinas credenciadas, a DPaschoal tem como principais diferenciais a transparência no relacionamento com o cliente e a preocupação com o meio ambiente.

A DPaschoal é uma das empresas da Cia. DPaschoal, que também atua nos segmentos de distribuição de peças por meio da DPK; no social, por meio da Fundação Educar; na agricultura, por meio da Daterra, que produz café premium, exportado para mais de 16 países; e no e-commerce, conduzido pela divisão Auto Z, no www.autoz.com.br.

Ateliê da Notícia
Jornalista Responsável: Vera Longuini

Cel.: (19) 99771-6735
Atendimento: Gabriel Gaudio e Tamires Ávila
Tel.: (19) 3252-9385 - redacao@ateliedanoticia.com.br
www.ateliedanoticia.com.br

(19) 3252.9385

Ateliê da Notícia - Jornalistas responsáveis: Vera Longuini
Telefone: 19 3252-9385 | Celular: 19 99771-6735
Rua Mogi Guaçu, 1657, Sala 6 | Jardim Flamboyant | Campinas – SP | CEP -13091-103
redacao@[null]ateliedanoticia.com.br

Criação e Desenvolvimento Princi Agência Web